sexta-feira, janeiro 27, 2012

Solidão num sábado chuvoso.

Estou inútil sem você,
Neste sábado chuvoso,
A solidão vem me avisar
que o amor chora por mim.

Assisto a tarde tristonha
Como se visse encarcerada
A solidão o mascara.

E hoje é sábado
depois vem um domingo ensolarado
então te perco.

Tere Cordeiro.

4 comentários:

Marcia disse...

Linda você escreve que é uma maravilha!Bjos !Bom fim de semana!

Arnoldo Pimentel disse...

Chuva , solidão e um lindo poema.Beijos

ANGEL disse...

O romance que atrai a solidão só é descrito no coração dos poetas! Lindo, amiga! Obrigada por ser assim!

Bjoss

BONECOCARTUNISTA disse...

VOU SAIR NA CHUVA E DISFARÇAR AS LAGRIMAS!

UM ABRAÇO TERE