sábado, outubro 01, 2011

O Sol.

Veja são imagens de vida
o sol com seu arco na mão
isto é a primavera
anunciando um lindo verão.

Sol vida alegria
claridade mostra magia
sensualidade aflorando
instigando a fantasia.

Deveras uma primavera bela
amararia você como amo o sol
esqueceria as magoas amargas
viveria um sonho seria Deusa.

Beleza infinita lua de areia
sol de cetim vestindo sereia
a imagem da lua sentindo ciúme
das flores envolvente perfume.

Assim segue a vida sol e lua flutuam
lá no céu longínquo de Rara beleza
vindo as flores amores amantes
vibrar corações junto a natureza.

Sol solidão lua se juntam
confusões de espírito claridade
misturas estranhas que impedem sentir
o doce gosto da felicidade.

imagem  o globo.
Terê Cordeiro
01/10/2011.

10 comentários:

M@ria disse...

"Desejo que você tenha no olhar,
o encantamento da vida.
Que você tenha no coração
a plenitude do amor.
Que você acredite
na grandeza de Deus,
no destino do mundo,
na beleza da vida,
nos sonhos, na esperança e
viva com paz e amor.

Muita luz e paz no seu Fds!!! M@ria

Silviah Carvalho disse...

Muito lindo o poema, versos cheios de vida.

Hilda disse...

Amo os poemas eles retratam a alma,lindoooo querida.
Desejo uma linda semana receba meu abraço e voltarei sempre por aqui amiga,esepero tbm sua visitinha,bjos miiiiil!!!!fica com Deus!

Maria disse...

Como sempre um poema maravilhoso.
Bom domingo.
Beijinhos
Maria

Marcia disse...

Lindo o teu poema!Quando eu soube do arco ja havia passado queria ter visto rs!

ANGEL disse...

ah! Que bom está por aqui e ver a imagem e as suas palavras em perfeita conjunção: SOL, LUA, UNIÃO, MISTÉRIO E POESIA! Parabéns, Terê!

Bjossss

TITA disse...

Toda a Natureza a embelezar este seu poema.Adorei.Um abraço.

Silenciosamente ouvindo... disse...

Um bom poema à Primavera, que nós
apesar de estarmos em Agosto
estamos com calor de verão.
Obrigada pela visita.
Um beijinho

Danielle Martins disse...

Deu vontade de tomar um solzinho...rs
Obrigada por seu carinho lá no blog!
Bjs!

REGGINA MOON disse...

Olá Terê,

Lindo verso!!

Sol solidão lua se juntam
confusões de espírito claridade
misturas estranhas que impedem sentir
o doce gosto da felicidade.

Parabéns!!

Estava com muitas saudades, mas trabalhando muito em dois novos projetos poéticos...agora voltei!rs

Tenha uma ótima semana!!

Beijos,

Reggina Moon