domingo, janeiro 16, 2011

O POETA E SUA AMADA!


A chuva inspira o poeta
mesmo em noites frias
em seus pensamentos férteis
tudo parece magia.

A noite sensual lhe convida
para amar intensamente
como um poema de amor
cobre-lhe de beijos ardentes.

envolto em manto esplêndido
a espera de sua amada
prepara-lhe um cálice de vinho
para a próxima madrugada.

O poeta inventa tudo
faz o perfil da amada
consegue visualizar
suas sensuais curvas desejadas.

Em noites chuvosas e frias
junto a sua amada
o poeta é majestade
sente o coração vibrando
como a lua em uma noite chuvosa.

Autoria: terê cordeiro
16/01/2011.

6 comentários:

José Vitor disse...

Que poesia linda Tere! Vou acrescentar; Qualquer eventual é inspiração para uma poetisa. Não consigo ler uma vez só, Leio repetidas vezes.

abraços

ValeriaC disse...

Que versos mais inspirados querida...adorei...
Tenha uma linda semana...beijinhos
Valéria

Amor feito Poesia disse...

Já chamei pessoas próximas de "amigo"
e descobri que não eram...
Algumas pessoas nunca precisei chamar de nada
e sempre foram e serão especiais para mim.

(Clarice Lispector)

Feliz Semana....Beijos meus! M@ria

lua prateada disse...

A chuva inspira mesmo Tere...é maravilhoso vê-la e ouvi-la cair...e...apenas deixar nossa imaginação dar asas...

Beijinho prateado

SOL

REGGINA MOON disse...

Tere querida!!

Que verso mais romântico para comecar a semana!!Graças as suas musas os poetas nos entregam lindos poemas, e tantas fontes inspiradoras!E as poetisas também...Que bom!!rs

Um grande beijo e boa semana!

Reggina Moon

**Tem selinho Luxo no Verso & Prosa...pegue pra vc Terê...

Diva L. disse...

Poeta, chuva, vinho...uma combinação mais que perfeita. Lindo!!!

Bjos