sábado, dezembro 11, 2010

APENA ME AME !!!



Apenas me ame, sem perguntar!
me abrase se quiser, venha me amar
pois te amo sem querer, mas é verdade
quero seu amor, não caridade.

Te quero inteiro, sem divisão!
não tire pedaço do meu coração
divida comigo, seus ideais
tudo o que quero,é sua atenção.

 Um amor encantado, e delirante!
que não me negue um só instante
sua ternura beijos e caricias
nada contra, se tiver malícia,

No amor que nos envolve, ó que delicia!
o meu corpo recebendo suas caricias
com tamanha euforia, discreto desejo
sentir o sabor, de teu doce beijo.


Ah meu amor, vem sem demora!
pois te espero, desde que nasci
te vejo em vulto. ao meu redor
tu é a razão do meu existir.


Sinto pulsar o meu coração!
quão grande saudade, de teus carinhos
choro, sozinha pra ninguém ver
por que o meu corpo só pede você.

autoria: terê cordeiro.11/12/2010.



3 comentários:

Machado de Carlos disse...

No caule do flamboyant ficou gravado um nome único.
A tatuagem ficou gravada na árvore já com a cor transformada pelo tempo.
Mas o flamboyant voltará a florir novamente e suas pétalas cairão sobre a terra; - ficará toda iluminada por um vermelho encantador.

Belíssimo o seu poema!

Beijos!...

Mila Lopes disse...

Eta mais ta lindo menina!rs

Mulher apaixonadaaaaaa

Adorei Tere!

Bjs

Mila

Arnoldo Pimentel disse...

Tem selos de presente pra você no meu blog, passe lá e pegue quantos desejar
HTTP://ventosnaprimavera.blogspot.com