segunda-feira, novembro 29, 2010

PROCURA-SE UM AMIGO!


Preciso de um amigo!
que saiba me ouvir
quando dele precisar
que possa me mostrar,
o momento exato do nascer do sol
preciso de um amigo!
que me convide, para ver o entardecer
obviamente se eu merecer.
procura-se um amigo!
que seja paciente
que possa perdoar minhas sandices
preciso de um amigo,
que segure minha mão, para travessar a rua,
e para isso não precise ser sua,
preciso de um amigo,
que corrija os  meus erros,
sem precisar, guardar segredos,
preciso de um amigo!
que recolha, se possível os fragmentos,
que de mim encontrar.
amigo, que  elogie, em meus acertos
preciso! de alguém, que me mande continuar,
e que me avise quando devo parar.
sei que é difícil. mais tudo que preciso,
é de um amigo.

terê cordeiro. 29/11/2010.

4 comentários:

Marilu disse...

Querida amiga, amigos são tesouros que devemos guardar dentro do coração,são grandes bençãos da vida. Lindo poema. Beijocas

Amor feito Poesia disse...

Meus êxtases, meus sonhos, meus cansaços...
São os teus braços dentro dos meus braços,
Via Láctea fechando o Infinito.

Florbela Espanca

Dias de amor & Paz...Beijos meus! M@ria

rouxinol de Bernardim disse...

Querida amiga:

Todos somos poucos para preencher essa ânsia que vai dentro desse peito!Mas há sempre um amigo predileto...

armalu disse...

Eu pensei que tinha, mas não tenho. enganei-me