sábado, outubro 16, 2010

BUSCANDO NA MEMÓRIA !

Buscando no caderninho!
lá dentro de minha memória
pois caderno eu não tinha
como o tenho agora
porém eu já escrevia
lá no tempo de outrora. 

Era a mesma menina!
com seu vestido de chita
magrinha feia, mas tinha
algo em si singular
era saudada por todos
vizinhos daquele lugar.

Escrevendo em oculto!
na memória! entretanto
mas o futuro sabia
que viria o encanto
seria reconhecida
por gentes de todos os cantos.

Acreditando portanto!
que sonhar não é pecado
leio hoje os comentários
que muito feliz me deixam
e digo está cumprido
o que nos sonhos eu vejo.

Ê menina se soubesse!
que o tempo é um primor
não ficavas entristecida
com tanta falta de amor
agradecia a Deus
que a vida te doou.
AUTORIA:TERE.16/10/2010.

3 comentários:

armalu disse...

Lindo Tere! vim visitar seu cantinho e vou voltar mais vezes, estou gostando muito . bj

Arnoldo Pimentel disse...

Muito lindo e gratificante esse poema, parabéns,beijos

PROSAS DO CADERNO disse...

Terê, mais linda ainda, me encanto lendo os teus versos!
bjs