quarta-feira, abril 18, 2012

Só um sonho.

Na varanda o silêncio me domina
e bate um lindo sonho de menina
ali adormeço pensando
é que estava só sonhando.

O silêncio quebrou minha alegria
como o ladrão vindo quando dormia
em sonho era muito amada
percebi que era um sonho mais nada.

As noites me trazem a solidão
num canto do quarto encontro refugio
como um cão embaixo da marquise.

No silêncio
encontro encantamento
no momento, no silêncio, quero paz.

Terê Cordeiro.

6 comentários:

Felisberto Junior disse...

Olá!Boa noite!
Tudo bem?
O silêncio mudo e calado, muitas vezes, nos diz muitas coisas...
Boa quinta!
Beijos!
Obrigado pelo carinho da visita!

Edilene disse...

Silencio em alguns momentos são reveladores. Adorei
Beijos

Marilu disse...

Querida amiga, as vezes o silêncio é nosso grande companheiro, outras, é nosso maior algoz. Beijocas

ANGEL disse...

O silêncio grita as diversas formas da poesia. LINDO POEMA, Terê!


Saudades!!

Silviah Carvalho disse...

Há momentos dificeis, mas é destes momentos que surgem belos poemas, como este.
Um abraço Tere, que Deus te abençõe.

Lídia Frade disse...

OLÁ TERÊ
PASSEI NUM RASGO DE TEMPINHO!!!

BOA TARDE, E BOM FIM DE SEMANA!!!
PRECISO É TERMOS PAZ, MESMO SÓS, E COM OS NOSSOS SONHOS!!!
1 BEIJINHO!!!
LÍDIA