sábado, abril 14, 2012

Será?


Viver, é Simples assim!
Ter uma torradeira
Comer pão bem quentinho
Fazendo estalinho
Um queijinho cremoso
Com um café bem gostoso
Em  clima harmonioso
Convidar um amigo
Seu irmão mais querido
Pai e mãe tem que vir
E você bem servir
Nossa vida é assim
Simples sem complicação
Ter frescura é besteira
Vida é passageira
Não sei se de trem ou avião
Bom viver como irmão
Dividindo o que tem
Sem negar a ninguém
Nem pensar em retorno
porque naturalmente
O universo simplesmente
Tudo devolverá
Então vou agradecer 
Pelo ar que respiro
O sol que me aquece
A lua que brilha
As estrelas no alto
A torradeira na mesa
Um sorriso no  rosto
Dois copos em tintim
Viver,é simples assim.

Terê Cordeiro.

7 comentários:

Marilu disse...

Querida amiga, viver realmente é simples, nós é que complicamos demais a vida. Lindo poema. Beijocas

Edilene disse...

Nos detalhes e na simplicidade é que encontramos a felicidade. Amei seu poema! Beijos

Huayrãn Ribeiro disse...

Campinarte Jornal / PRIMEIRO PAINEL CAMPINARTE DE POESIA – CORRENTE POÉTICA

PRIMEIRO PAINEL CAMPINARTE DE POESIA
A poesia é um caminho que nos leva a desenvolver a imaginação, emoções e sentimentos de forma prazerosa e significativa.
Baseado nesse pensamento o Campinarte orgulhosamente anuncia o seu - PRIMEIRO PAINEL CAMPINARTE DE POESIA – CORRENTE POÉTICA.

PRINCIPAIS OBJETIVOS: Promover, divulgar e principalmente dar visibilidade aos nossos poetas.

PREMIAÇÃO: A maior e melhor de todas as premiações; aquilo que o poeta mais almeja, ou seja, ver a sua obra publicada.
Essa é a premiação. Publicação no Campinarte Dicas e Fatos (informativo) com dados sobre o poeta e algumas de suas poesias que serão previamente selecionadas.

TAXA DE INSCRIÇÃO: O pagamento também é diferenciado. Ao invés de dinheiro o poeta interessado deverá mandar junto com a sua inscrição a inscrição de outro poeta.
Resumindo: Para a realização do Primeiro Painel Campinarte de Poesia, vamos precisar (apenas) de um poeta mais um poeta... Isso, claro, para justificar o tema: CORRENTE POÉTICA.

DETALHE: INSCRIÇÕES ATÉ 15 DE MAIO

COMO PARTICIPAR: Os interessados terão que preencher um breve questionário, muito simples, apenas, três perguntas:
1 – Quem sou?
2 – De onde venho?
3 – Por que venho?
Enviar no máximo 10 poesias que serão selecionadas pela organização do evento.
Umas três fotos, SÓ O ROSTO (ARQUIVO JPEG).

Para maiores esclarecimentos (em caso de dúvida) contato pelo e-mail campinarte@gmail.com

Amor feito Poesia disse...

Muita coisa que ontem parecia importante ou significativa amanhã virará pó no filtro da memória. Mas o sorriso (...) ah, esse resistirá a todas as ciladas do tempo.

Caio Fernando Abreu


Feliz e abençoado Domingo e beijos meus! M@ria

La Gata Coqueta disse...



Paso a saludarte mientras me sea posible y el tiempo me lo permita, para acompañarte en el fin de semana, produciéndome una grata emoción compartirlo contigo.

Al permitirme disfrutar de tus entradas, pensadas con la lógica del sentimiento para satisfacción de todos los que tienen el gusto de leerlas y opinar del tema en cuestión sobre el que se verse.

Con afecto por mi parte me despido, hasta otro memento que nos siga permitiendo reforzar nuestra amistad a través de las palabras en equilibrada armonía...

Un abrazo para saludarte
y un beso para acompañarte

María del Carmen



Amapola disse...

Boa noite, querida amiga Terê.

É simples e bonito, nós é que complicamos.

Que sua semana seja cheia de alegrias e paz.

Beijos.

Rafael Bernardino disse...

Sim, simples assim.

Por vezes já me deparei com momentos que julguei ser comuns e monótomos junto de minha família, mas em uma certa época de minha vida, foram esses os momentos que mais senti falta. Os mais simples.

Vivi por um tempo com lágrimas nos olhos, mas hoje agradeço a Deus por poder encontrar a mesa pessoas para apenas dizer um simples "bom dia" e poder viver meu dia. Simples assim.