segunda-feira, fevereiro 13, 2012

Dançando com a poesia.

A poesia me tira pra dançar,
Num castelo enfeitado de poemas
Me leva suavemente.
Eu ouço sua voz serena.

Vem minha amada meus braços te espera
Quem dera vê la ao amanhecer
Soprando um vento suave.

Poesia bem sabes és querida
Aliviastes as dores que em mim ardia
Em recompensa te dou o meu querer
Pois me salvaste não deixando morrer.

Terê Cordeiro.

7 comentários:

Diva L. disse...

Ah, que bailar delicioso, minha querida Terê.

Bjo grande e abraço na alma.
Diva L.

Arnoldo Pimentel disse...

Assim é a poesia, sempre nos levando.Parabéns.Estou sendo entrevistado no blog da Anne Lieri, se puder faça uma visita e conheça um pouco do meu trabalho, desde já lhe agradeço, link abaixo

http://recantodosautores.blogspot.com/2012/02/recanto-entrevista-arnoldo-pimentel.html

Marcia disse...

A poesia a nossa cura !Bjos Tere!!

Xipan Zéca disse...

Feliz por tua visita querida Terê...

Retribuindo estou e me "adiscurpando" do ausênciamento... rss

Beijo, bão carná
Tatto/Xipan

Felisberto Junior disse...

Olá!Bom dia!
É a poesia bailando nossas vidas!
Belo! Gostei!
Obrigado pelo carinho da visita!
Boa semana!
Beijos carinhosos!

Anete V Marques disse...

Terê,
tenho gostado de visitar o seu blog... Você é sincera e corajosa, Parabéns!

Poetando, dizemos o que está no mais íntimo do nosso coração...

Beijos

# Não estou conseguindo comentar pelo Google...
Vida & Plenitude

La Gata Coqueta disse...



Hoy día del amor y la Amistad me detengo a tú lado, para sentirme arropada por el calor y el afecto entrañable que se respira en este tu espacio.

Para los enamorados;
que lo han estado,
para los que lo están,
y para los que pronto
lo estarán.

Para todos ellos!!

¡¡Feliz día de San Valentín!

Muackkkkkkk
Muackkkkkkkkk
Muackkkkkkkkkkkkk

De esta tu siempre amiga…

María del Carmen