sábado, abril 23, 2011

LÁGRIMAS DA LUA.


Te amei loucamente pensei que me amava
em meus pensamentos você sempre estava
porém foi inútil pois amei sozinha
nas noites sombrias você não estava.

Em noites de frio me fiz bem cheirosa
me vesti de seda porque te esperava
a cama com flores sempre enfeitei
para tua vinda eu me perguntei.

A hora avançou então eu chorei
na porta olhando se você já vinha
tristeza e amargura foi o que sobrou
então entendi você não me amou.

A vida cruel a inocência me deu
roubando meus sonhos em noite sem lua
me entreguei inteira ao homem errado
roubastes minha vida eu fui toda tua.

 Adolescente ingénua e tola mulher
achastes que era feliz e contente
fostes enganada cruel friamente
hoje só te resta uma vida sem fé.

Com pena de mim a lua chorou
me pôs em seus braços e me embalou
tamanha acolhida nem eu esperava
as lágrimas da lua me trouxe amor.


Terê cordeiro.
23/04/2011.

4 comentários:

Machado de Carlos disse...

Você pense que ele a amava. Não fique triste, pois o amor é fundamental e, sempre quem perde é aquele que vai embora, uma vez que o amor está em você. É uma questão de saber como gerenciar isso dentro de você.
Nunca se esqueça de que nunca estamos sozinhos no mundo. Podemos sentir o perfume da vida. Chorar? – Isso faz bem, lava a alma. A Lua é uma mulher que nos faz companhia, mesmo que o tempo esteja nublado.
Nesse domingo, fique bem, aproveite o melhor momento que é o momento da Páscoa, lembrando que Páscoa significa Paz. O dia da Sublimação de Nosso Senhor Jesus Cristo!
Beijos!...

Machado de Carlos disse...

Obrigado pelas sua atenção, Terê!

A Páscoa está para chegar!

Um grande Abraço!

REGGINA MOON disse...

TERE,

LINDO VERSO, ADOREI!!!

LÁGRIMAS DA LUA, MUITO ROMÂNTICO...E VERDADEIRO EM SEUS SENTIMENTOS...A LUA SEMPRE NOS TRAS ALGO, NOS FAZ PENSAR E AMAR....

BEIJOS,

REGGINA MOON

Arnoldo Pimentel disse...

Muito lindo seu poema, desejo-lhe uma feliz páscoa, beijos.