terça-feira, março 29, 2011

A Magia da Lua.


Em uma madrugada de outono
fria e deselegante
mandou a solidão
acompanhar-me por um instante.

Minha alma partiu-se como vaso vazio
deichando-me fria como a madrugada
um sentimento triste e desolador
madrugada fria por falta de amor.

A lua veio com sua magia
trazer-me alento ao nascer do dia
compadecendo-se de meu sofrimento
transformando a tristeza em alegria.

 Madrugada fria tornou-se amiga
outono cinzento quis ser verão
a lua trazendo luz para a noite
a magia deslumbra o coração.

Terê cordeiro.
29/03/2011.


3 comentários:

Janaina Cruz disse...

Olá Terê, que blog lindo o seu!!!

A lua nos traz tantas coisas românticas, mas também nos traz um pouco de solidão.

Amei seu blog, vou segui-lo com prazer.

Abraços e ótimo dia pra ti :)

Amapola disse...

Bom dia, querida amiga Terê.

Poema lindo, onde a luz se faz presente... Tornando-se companheira.

Um grande abraço.
Tenha um belo dia de paz.

Borboleteando disse...

Oii!!
Ah! Lua mágica, espetáculo fascinante da natureza que embriaga os olhos e o coração que seduz a todos com a sua beleza...
Beijos
Lindo dia!!!