quinta-feira, fevereiro 17, 2011

folhas secas" solidão"


Como as folhas secas assim sou eu
machucada pela ausência tua
destinada a viver sozinha
igual a folha quando cai na rua.

Como a folha que o vento levou
sem destino a vagar sem vida
me deixando com a solidão
a sofrer com alma ferida.

Solidão não faz isso comigo
pois a folha pagou meu pecado
me deixando tão entristecida.

Como as folhas sigo meu destino
também levada sem dó com desdém
condenada a viver sem ninguém.

Terê cordeiro.
17/02/2011.
imagem google.

7 comentários:

Valquiria = selos e mimos,valvesta e hanukká. disse...

.
Aguarde enquanto carrega,todo meu carinho por vc...
CARREGANDO...
10%
█▒▒▒▒▒▒▒▒▒

20%
██▒▒▒▒▒▒▒▒

30%
███▒▒▒▒▒▒▒

40%
████▒▒▒▒▒▒

50%
█████▒▒▒▒▒

60%
██████▒▒▒▒

70%
███████▒▒▒

80%
████████▒▒

90%
█████████▒

100%
██████████

CARREGADO COM SUCESSO...

Passo rapidinho pra deixar o carinho, bom resto de semana. Beijos.

Mila Lopes disse...

Aqui deixo o meu carinho...
Um beijo e um abraço nessa folha linda...

Mila

Dani Hills disse...

Dizem que os bons amigos podem passar longos períodos de tempo sem falar e sem se ver; e que nunca questionam a sua amizade. Este grupo de amigos comporta-se como se tivessem falado no dia anterior, sem ter em conta o tempo que não se viam ou o longe que vivem um do outro.

Então não se sinta na solidão, pois serei sempre seu amigo.
Beijos, Dani.

Diva L. disse...

Nossa, que derramar! Quantos de nós já não nos sentimos assim? Somos eternas folhas, mas que bom que somos resilientes. Ora estamos secos, ora verdes e viçosos. Assim é a vida, assim somos nós.

Aproveito para deixar um abraço carinhoso,agradecer pelas constantes visitas ao Salto15 e pedir desculpas pela ausência, pois estou temporariamente sem net. Mas segui pela blogosfera, em rápidas visitas, viajando nos blogs e aprendendo com os sábios pensadores.

Bjo grande e abraço na alma.
Diva L.
//salto15vermelho.blogspot.com

Jortas disse...

Serei o chão onde cais
Com o baloiçar de uma pena
De mansinho irás chegando
Na ausência de ninguém.
Aqui, estaremos sempre contigo.
Não reparaste o que estava escrito no verso da folha?
Na solidão seremos sempre muitos e dela faremos a nossa ligação!

Maria disse...

Amiga um poema que exprime uma melancólia e tristeza imensa.
Deixe as folhas secas voarem, mas abra o seu coração para as novas folhas que irão nascer na primavera.
Bom fim de semana
Beijinhos
Maria

mundo da lua disse...

vendo blogs achei o seu adorei.