domingo, fevereiro 20, 2011

ALMA SOLITÁRIA.



No deserto da alma,encontramos solidão.
com uma vida mais calma, no meio da multidão...

10 comentários:

Terê. disse...

quando minha alma clama
também o meu corpo chama
para uma coligação
Rumo ao coração. terê.

Borboleteando disse...

Oii!!
Muito obrigada pela visita e pelo carinho...

manuel marques disse...

No fundo, é isso, a solidão: envolvermo-nos no casulo da nossa alma.

Beijo.

Vieira Calado disse...

Olá, boa noite!

Depois duma prolongada e forçada ausência

aqui estou de novo

a visitar os amigos.

Saudações minhas

O tempo que passa disse...

A solidão não é não termos ninguém que nos ame ou a quem amarmos, é sentirmo-nos sós mesmo que ao pé de gente. Eu por vezes sofro de solidão, sinto-me só estando acompanhado, nesses momentos sinto um enorme vazio e extravaso de emoções...
Gostei do seu poema muito bonito, especialmente por o ter sentido.

Um beijo

Machado de Carlos disse...

Sim, creio na solidão. Entretanto a solidão deve ser passageira. Nós nunca estaremos a sós. Pense nisso. Ainda bem que a fase de solidão é passageira.
Beijos, minha amiga!

ValeriaC disse...

Profundas palavras...às vezes, não tem como escaparmos da solidão...ela se faz presente...mas, também é momento de interiorização e crescimento...
Beijinhos e boa semana amiga...
Valéria

REGGINA MOON disse...

Terê,

Nossa alma passa por momentos de grandes silêncios, e sente-se só, em meio a uma multidão...

Lindo!!

Grande beijo e boa semana!!

Reggina Moon

**Pegue o selinho Colorido pra voce!**

Amapola disse...

Boa tarde.

Adorei esse poema.

Estou lhe seguindo.
Maria Auxiliadora (Amapola)

Um grande abraço.

ANGEL disse...

A alma está no deserto quando estamos longe de nós mesmos, do amor, da vida! Amiga, obrigada pelo seu carinho, sua visita, seus comentários! TDB!

Bjão!