quinta-feira, dezembro 30, 2010

UM POEMA SEM POESIA!!!


minha inspiração me deixou!
Em um cavalo alado
fugiu na calada da noite
eu chorei! como jamais havia chorado.

levando consigo um poema!
me deixando, fria sem poesia
triste e pálida adormeci
quando acordei já era dia.

sem inspiração não há vida!
só nos resta a nostalgia
alma fica em desespero
vida morta sem magia.

roubou-me o Don de escrever!
para falar de amor
e tudo isso me trouxe
muita tristeza e dor.

Um poema lindo e triste!
jogado no vazio d'alma
faltou-lhe a poesia
que nem o tempo apaga.

autoria: terê cordeiro
30/12/2010.

7 comentários:

Edna Lima disse...

Belo poema! Mas o que não faltou foi inspiração.
Obrigada pelo conhecimento durante o ano.
Feliz Ano Novo Terê. Bjs Edna

Machado de Carlos disse...

Mas poemas são assim mesmo. De vez em quando eles nos abandonam. Mas, sentem saudades e voltam. Aí você escreverá com muita intensidade!

Hana disse...

Oi,obrigada pelo carinho neste dia tão especial pra mim, que seu amo seja lindo, maravilhoso, e seu poema mega lindo, uma ternura.
Com carinho
Hana

Ricardo Calmon disse...

Puf Puf,a jato como se fosse,aqui pousei,com braçadas de girassois ,desejar um ano bom,de ternura e paz repleto,assim como te convidar a girassol ser ,em campos meus

viva la vida

viver é pura magia

REGGINA MOON disse...

Tere querida!

Feliz Ano Novo...muita Saúde, Amor & Paz!!

Que possamos estar sempre juntos neste novo ano que se incia!!

Receita de Ano Novo

"(...)Para ganhar um Ano Novo
que mereça este nome,
você, meu caro, tem de merecê-lo,
tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil,
mas tente, experimente, consciente.
É dentro de você que o Ano Novo
cochila e espera desde sempre!

(Carlos Drummond de Andrade)

Beijos......Reggina Moon

Cida disse...

Impossível a poesia se afastar de você, amiga. Afinal, vocês são tão íntimas, que já se tornaram uma coisa só!...:)

De passagem, para te agradecer todo o carinho demonstrado durante esse ano, e te desejar um 2011 maravilhoso, coberto das bençãos do céu.

Beijos e abraços

Cid@

José Vitor disse...

Com estes versos lindos nunca lhe faltará poesias
Bom dia pelo primeiro do ano!