quarta-feira, agosto 25, 2010

saudades!

sinto o cheiro teu em cada lugar!
até no meu versejar
te vejo em sonhos,lindo
te espero em cada despertar.
   
  ah que saudade ingrata!
 e meu coração maltrata
penso que estás chegando
então percebo que estou sonhando.

vem e tira essa solidão de mim!
só você pode me embriagar de amor
pois não estou vivendo,paço pela vida
em infinita espera me vejo,por ti.

as noites não passam,o sono não vem
nada nem ninguém consegue me acalmar
essa tua falta me leva a loucura
pela vontade imensa que tenho de te amar.

carinhosamente tere.025/08/2010.

5 comentários:

Gersonita Paula disse...

Tere! Mais um belo poema e mais um gesto seu de ternura em sua visita! Muito obrigada querida! Fiquei muito feliz ao perceber que era vc... Ah, quanto ao selinho (eu mesma o fiz, não sei se acertei... rsrsrsrs) vc foi a primeira pessoa a pegá-lo. Obrigada também por isso...

Abraços!

Tere disse...

oi menina!o selinho ficou lindo!!!!e eu que não sei fazer da .rsss
tere.

Cida disse...

Meu Deus, que mulher apaixonada!!!

Consegui descobrir o porque da tua insônia!...:))

Beijinhos, e tudo de bom prá você.

Cid@

Luís Coelho disse...

Olá Tere
Passei para te agradecer a visita e dizer que tens sempre a porta aberta.
Volta sempre que te sentires com saudade.
Sabes que quando amamos de verdade o nosso coração anda sempre à procura e muito preocupado.
Será bom que as pessoas também se libertem e deixem as coisas acontecer com naturalidade.
Beijinhos

Machado de Carlos disse...

E por falar em saudade, estava sentindo sua falta.
— Que bom que você veio!
Beijos!...