sábado, junho 26, 2010

CAMINHOS!



vou assim caminhando sem destino
como um menino,inocente sem malícia
sem pressa,sem convença pois sou só

não sei para onde vou,só sei que vou
vejo carros apressados,sem cuidados
pessoas que vão e vem,não conheço ninguém
talvez siga,os caminhos do passado.

ah! nostalgia também tem hora.
más assim!quando vem se aloja em mim
tento mandar embora,á como é teimosa
vai ficando,maltratando,e me deixa assim!!!

carinhosamente tere.26/06/2010.

3 comentários:

Mila disse...

A nostalgia é muito teimosa Tere, mas ela serve de inspiração também...posso ver por seus belos versos.

Bjs linda

Mila Lopes

Machado de Carlos disse...

Nós somos teimosos. Teimosia é vida para nós. Hoje, pode dizer que o ser humano quer imitar a máquina. Em tudo existe uma máquina. Carros, motos, computadores... Os bancos estão automatizados, os laboratórios armam seus remédios, a vida está longa. Até comida são entregues à nossa casa. Em suma o ser humano esqueceu-se da solidariedade, do amor... A modernidade mudou o tempo.
Obrigado pelo seu comentário e por ler-me, e também pela sua amizade!

MEUS POEMAS disse...

Que lindo Tere!
Gostei mt daqui, parabéns por tudo!
Apareça no meu....
Bjs pra vc
Gena Maria